O voluntariado é uma das ações que deu origem à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Salvador (APAE), pois a instituição surgiu em 1968, a partir da iniciativa de pais e amigos que exerciam as atividades voluntariamente a fim de garantir atendimento às pessoas com deficiência. De lá pra cá a instituição ganhou autonomia, cresceu e se fortaleceu, e hoje tem o Programa de Voluntariado como um aporte para suas atividades.

Atualmente a instituição conta com cerca de 140 voluntários com formação ou em formação de graduação e pós-graduação, nas mais diversas áreas como: assistentes sociais, psicólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, médicos, engenheiros, biomédicos, biólogos, publicitários, jornalistas, musicoterapeutas, psicopedagogos dentre outros, e pessoas que tenham habilidades específicas que possam agregar e contemplar as necessidades da Apae.  A adesão de novos voluntários acontece a partir de demanda espontânea através do site, presencialmente ou solicitação de um gestor de determinada área que identifique a necessidade de um perfil específico.  

O Programa de Voluntariado é desenvolvido a partir da capacitação dos voluntários.  Após uma entrevista prévia, todos passam por treinamento de dois dias, onde é apresentada a instituição em sua dimensão de atendimento, e o que o Voluntariado pode colaborar com as áreas de atuação institucionais, em seguida é feita a  assinatura de termo de adesão para que estejam aptos para atuar nas ações voluntárias e depois visita técnica as instalações. E ao final o voluntário recebe seu crachá de identificação é encaminhado para umas das duas sedes Pituba ou São Joaquim, para as ações.

Além dos voluntários que atuam em demandas diárias das unidades, norteadas pelos eixos de trabalho da Apae Salvador que consistem em Educação, Saúde e Assistência Social, no chamado  Voluntariado Técnico - que visa suprir a demanda das unidades e a ampliação da área de atuação - o voluntariado também  conta também com apoio de voluntários que desenvolvem e participam de atividades e projetos  específicos que ocorrem ao longo do ano, como: Recreação e Ludicidade, Artesanato, Terapias Integrativas - Cuidadoteca, Oficinas, Projeto Hospitalidade, Bazar Social, Sala de Leitura e Sebo.  Como também oferece cursos de formação como Contação de Histórias e do mestre Renè Mey, para os voluntários e público externo.

Como Ser Voluntário?

Para ser voluntário da Apae Salvador, o interessado deve fazer o curso de informação e orientação. Nesse curso o novo voluntário irá conhecer os objetivos e aprende como funciona administrativamente cada centro de resultados e os núcleos de apoio da Instituição.

Para mais informações entre em contato com:

(71) 3270-8354

jussara.satyro@apaesalvador.com.br

QUERO SER VOLUNTÁRIO

doe agora